Blog do PAULO MELO

quinta-feira, 11 de abril de 2013

GDF conclui a maior convocação de professores da história


Com a posse de 262 profissionais, o número de contratados em dois anos ultrapassa 3,5 mil

O governador Agnelo Queiroz empossou, nesta tarde, 262 professores aprovados em concurso público da Secretaria de Educação. Os novos servidores, que possuem habilitações em várias áreas, serão lotados nas 14 Regionais de Ensino do DF. Com essa posse, o GDF conclui a maior convocação da história do DF, de 1.688 professores, feita em fevereiro.

Desde o início desta gestão, já foram convocados mais de 4 mil profissionais, e 3.573 mil tomaram posse. Nesta etapa, todas as modalidades de ensino serão contempladas, o que beneficiará os alunos da rede pública.

As áreas de habilitação desses profissionais são Atividades – professores da pré-escola ao 5º ano –, Português, Matemática, Informática, Biologia, Sociologia, Odontologia, Telecomunicações, Francês, Espanhol, Música, Artes e Administração.

Com o reforço do efetivo da secretaria, o governador Agnelo destacou que o compromisso de melhorar a educação pública é um dos principais pilares da gestão.

“Essa contratação é o resultado de um esforço do governo pela recomposição do quadro de pessoal e da estrutura das escolas. Sabemos que nada substitui o professor e por isso o valorizamos. Temos uma excelente rede pública e queremos avançar mais ainda”, afirmou.

Qualidade de ensino – Já o secretário de Educação, Denilson Bento da Costa, garantiu que a posse realizada hoje impacta diretamente na qualidade do ensino oferecido aos quase 500 mil alunos da rede. Ele ressaltou que, com essa contratação, o DF passa a ser a unidade da Federação com o menor percentual de professores temporários.

“Isso é fruto de uma ação continuada da política de valorização da magistratura. Hoje temos um efetivo de mais de 30 mil professores na ativa, e, em todo o país, somos a unidade da Federação com apenas 10% de professores temporários. Estamos dando o exemplo”, enfatizou.

Satisfação – Para os professores, a convocação do GDF faz parte de uma realização pessoal. Na opinião dos recém-empossados, a atitude do governo demonstra a valorização da educação.

“Vejo a iniciativa como uma das grandes melhoras na educação. Aqui no DF temos muitos recursos e estrutura nas salas de aula. Essa será uma grande etapa na minha vida”, disse a professora Keisy Diandra, 31 anos, que lecionará para as séries iniciais na Escola Classe 9 de Brazlândia.

Para a professora de Biologia, Thiara Bernardes, 27 anos, a convocação é uma conquista. Ela, que já foi docente temporária da rede pública, afirma que a constante renovação de pessoal ajuda no fortalecimento das políticas educacionais. “Acredito que essa nova leva dá um gás à educação e melhora significativamente o ensino”, afirmou.

A mesma opinião é compartilhada por Tiessa Lopes, 25 anos, que atuará na Escola Classe 6 do Guará II. “A estrutura da rede me surpreendeu, e acredito que tudo isso motiva e impacta na sala de aula”, concluiu.
 A solenidade de posse dos novos profissionais aconteceu na Sala Martins Pena, no Teatro Nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

MAIS VISTAS